Tentações e [re]encontros

“Conquistar não é suficiente.

É preciso saber seduzir.”

Voltaire

sedutor

Essa noite, nos reencontramos…
E foi o mesmo fogo, a mesma química, 
o desejo gritando
E a gente lutando contra…
Quando juntos, viramos apenas instintos
Somos cheiro, pele, vontade.
A gente se esbarra e sai faísca. 
Mas somos humanos, estudados, cultos, treinados.
Isso que arde entre nós, é “errado”.
Somos de outros nichos
Ainda assim, eu te olho e você queima,
Se te encosto, você foge
Com medo de se perder.
Só eu e você…nessa fogueira,
Nossa fogueira.
Somos humanos e não animais
E são tantos “contras”, que não podemos mais.
E eu me perco em você,
Enquanto você se alimenta de mim.
Somos bichos, vorazes.
É o teu peso que me sustenta,
É o meu brio que te levanta.
Alimentamo-nos, um do outro
Ainda que tanto tempo passe
Ainda que eu nem te veja mais…
Você entranhou em mim,
Grudou na pele da minha alma
E apesar do teu medo,
Das pessoas contrárias,
De todos os “senões” sociais,
Contaminamo-nos com nossa existência.
Essa noite, eu tive certeza
Que meu cheiro, entranhou na tua essência.

Anúncios

2 comentários sobre “Tentações e [re]encontros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s