Viver feliz ou apaixonado?

“Tenho tudo para ser feliz

E isso está me enlouquecendo…”

– Paulo Coelho, em “Adultério” –

Adultério - PC

…Daí um dia como outro qualquer, onde você está imerso nos seus projetos, para esconder -se de si mesmo e sufocar o que corre internamente. De repente, alguém te tira da estrada planejada, com um pedido tão inesperado quanto interessante e você sai da sua rotina, feliz.

O outro chega, com sua cor, seu peso, sua intensidade gritante e te tira, sem querer e sem nenhuma consciência disso, do seu casulo pseudo protegido. Entre um olhar e um suspiro, você lembra, a fórceps que também é assim: exagerada e contagiante, mas por medo ou comodismo, vinha tentando se redesenhar…conter.

A palavra me soa como um tapa na cara, daqueles que você fica na dúvida se te doeu ou se você gostou. Acordo!

A vida, essa menina travessa, utiliza seus meios controversos para mudar nossos rumos. Por vezes, uma pessoa, por outras, um livro, filme, música, foto, acasos…

Coincidentemente (?) ao retomar a rotina de clausura dos projetos, nos momentos de folga, volto meus olhos para um livro que havia esquecido: “Adultério”.
Não creio em coincidências ou acasos… A protagonista do livro, como eu, vivia sua rotina na santa calmaria dos dias e se obrigava a deixar-se engolir pela ilusão do dia a dia “perfeito”. Até que um dia…o “outro” conta que não tem o menor compromisso com a felicidade, porque (e tão somente…) resolveu viver apaixonado.
Quando termino de ler esse parágrafo, o tapa na cara do outro dia, ressurge com força e me pergunto incomodada: “Quando foi que fiquei com medo de existir apaixonada?”
Esse foi apenas o pontapé inicial da minha jornada, rumo ao “lado B” que ainda desconheço, mas que me vez perceber, pela primeira vez em muito, muito tempo, troquei as dores físicas pela curiosidade de olhar o mundo lá fora…

“- Não tenho o menor interesse em ser feliz. Prefiro viver apaixonado, o que é um perigo, pois nunca sabemos o que vamos encontrar pela frente.”

E você, o que pensa sobre o assunto? Se é que ainda se pergunta sobre isso…

Anúncios

11 comentários sobre “Viver feliz ou apaixonado?

  1. Eu vivo feliz e apaixonado pelas coisas que faço comigo e que, fazendo, me tornam uma pessoa melhor para mim mesmo, para o outro e para o mundo. O tempo todo? Não, mas todo o tempo tento alcançar o objetivo maior que é ser e estar feliz. Andava com saudades dos teus posts.

    Curtir

  2. Eu sou apaixonada e feliz. Poderia enumerar pelas tantas coisas que sou e não chegaria ao fim hoje.
    Mas, seu texto (sempre cativante e perfeito em mim) me fez lembrar de um filme que vi lá pelos anos 80 e que a memória dos anos não me permite lembrar o nome certo. Não sei se Eles e Ela, ou Amor a Três. Me recordo apenas da parte do final do filme, onde três jovens universitários se apaixonam e tentam entender o que aconteceu.
    O que ficou marcado em mim foi a frase dita, que por causa da memória pode não ser igual, mas é mais ou menos assim: De repente, você se pega no meio da viagem e diante desse caminho surge um atalho. Esse atalho pode ser a melhor parte da viagem.

    Às vezes, sair da rotina, pode ser a melhor parte do dia.

    beijo meu

    Curtir

    • Sábia Mariana linda!!
      O filme a que se refere é Amor a Três. Também assisti… Me vez pensar no antigo ditado simples: “Tudo vale a pena, se a alma não é pequena.”
      Obrigada por trazer seu olhar até aqui.
      Sempre faz brilhar meu dia.
      Beijos meus,

      Curtir

    • Você é menina de tantos talentos que nem percebe a grandiosidade de algumas vivencias cotidianas… Não se trata de SER uma coisa ou outra, trata-se de preferir, já que, no mundo real, as coisas tomam outros pesos…

      Amo vê-la por aqui!

      Curtir

  3. Cláudia, eu prefiro estar apaixonada pois a paixão (e isso não significa somente estar apaixonada por alguém) nos move, nos incita a seguir adiante, a descobrir coisas novas, a produzir. A vida sem paixão é algo morno, chato. Agora, a felicidade são aqueles momentos que marcam nossas vidas. Não dá pra ser feliz o tempo todo. E é até bom que seja assim pois se fôssemos felizes o tempo todo,não daríamos o devido valor.
    Bjs

    Curtir

    • Roseli, a curiosidade impera aqui. Quantos anos você tem? é casada, tem filhos? Penso sinceramente que essa “escolha” depende muito destas variáveis. Sendo idealista, também prefiro ser apaixonada (até pela falta de talento em viver coisas mornas), mas sei que isso tem um preço e não sai barato. rsrs
      Desculpe se “invado” um pouco sua privacidade com as perguntas, mas ando mesmo muito interessada no perfil (e nas ideias) dos meus leitores.
      Obrigada pela visita!!
      Beijos meus,

      Curtir

      • Oi Cláudia, sem problemas. É bom a gente conhecer o outro. Tenho 51 anos, sou solteira mas comando uma família (em todos os aspectos), tenho dois sobrinhos biológicos e centenas de outros sobrinhos aqui no colégio onde trabalho como bibliotecária.Você tem razão quando diz que ser apaixonada tem um preço e não sai barato. Não sai mesmo! Mas apesar de tudo, continuo apostando na paixão. Pelas pessoas, pela vida, pela escrita. O dia em que deixar de ver o mundo com olhos apaixonados, podem baixar o caixão. Morri! rsrs
        Bjs

        Curtir

      • Que delíciaaaa! Obrigada por responder. Percebo que ser “comandante familiar” é quase regra para as mulheres de nossa geração (que benção, que pode ser assim) e quando coloco na balança o tanto que isso exige de nós, também não imagino uma vida sem paixão, sem pirar completamente (embora paixões me pirem completamente. rsrs).
        Curti muito mesmo a sua interação. Quisera mais leitores interagissem assim!! O universo da escrita ficaria bem mais rico.
        Uma ótima semana pra ti, Roseli.
        Bjks.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s